2 de mar de 2013

Edir Macedo Desafia Deus à Matá-lo Com a Bíblia no Peito

Numa espécie de reprise de um sermão pregado há dezesseis anos, o bispo Edir Macedo afirmou no último domingo, 24 de fevereiro, que prefere a morte caso não aconteça mudanças na vida dos fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD).


(Assista e veja a que ponto chegaram)


“Meu Deus, se o Senhor não abençoar este povo, o povo da Igreja Universal do Reino de Deus em todo o mundo, [se] não houver resposta, não houver cumprimento desta palavra, eu prefiro que o Senhor me mate”, disse, com a Bíblia sobre o peito, durante a reunião no templo da avenida João Dias, em São Paulo.

Macedo afirma que se as bênçãos materiais não chegarem aos fiéis, não há sentido continuar vivo e pregando: “Me tire a vida de uma vez, porque eu estou pouco me lixando para essa vida ou para esse mundo. Tô pouco me lixando. Tô pouco me incomodando com essa porcaria de mundo em que a gente vive”.

Em seu site, a publicação do vídeo é intitulada “A revolta é a mesma”, numa referência à mensagem de Macedo, que entende ser necessário uma revolta interior contra os problemas para que Deus seja movido em favor do fiel.

“Você que tem que agir a sua fé. Você que tem que tomar atitude, e se você não toma atitude, não vai acontecer nada. Se você não se revolta contra essa desgraça que você está vivendo, não vai acontecer nada”, enfatiza o líder da IURD.

Confira abaixo, o vídeo editado que apresenta trecho dos dois sermões do bispo Edir Macedo, em que ele afirma ser necessário uma revolta interior para que Deus promova mudanças na vida dos fiéis e declara preferir a morte caso Deus não os abençoe:

Publicado por Tiago Chagas em 1 de março de 2013 

Desfrute do Dia